Um post demorado, esperado e sem abraços.

Você já passou horas e tardes conversando em alguma calçada, de alguma casa, com algum amigo? Lembrando e contando histórias. Rindo, ouvindo e dando conselhos? Eu já. Amigos perdidos e amores acabados, eu não gosto não. Desse primeiro aí sinto uma saudade! Posso sentir o cheiro de cada momento. Do segundo também, mas ok, deixa pra lá. É muito bom você conhecer alguém novo, manias novas, felicidades e tristezas diferentes. É bom ganhar presente. É bom rir e saber que ali, você pode ficar tranquila… É bom conhecer a pessoa que (a gente – sempre – acha) que é a nossa ‘cara metade’. Muitas vezes, quase sempre, nunca é.

Lembro das tardes, que tudo rolava tão naturalmente, depois da escola. Muitos amigos iam lá em casa almoçar, ouvir músicas, desenhar, escrever, cantar, dançar e chorar. Por que nem tudo é só alegria, né? Às vezes bebíamos pela casa com a música na maior altura e riamos sem saber de quê (ou de quem). O mais gostoso era chegar no outro dia na escola, todo mundo, olhava um para o outro e pensava “eu sei o que vocês fizeram ontem”. É gostoso ter segredos com alguém (alguém especial, claro).

Sinto saudades. Se hoje, eu fosse encontrar com cada um deles, daria um presente e um abração apertado. Não posso fazer isso, cada um seguiu um rumo. Uma casou, outra sumiu, outro virou pai de família e outra, foi buscar a felicidade. Espero que tenha encontrado.

Engraçado: “buscar a felicidade”, “está tentando se encontrar” e “ela só quer um amor”. Os anos passam e ninguém está satisfeito com nada. Não estão satisfeito com profissão, com o cabelo, com o corpo, com os amigos, com os amores, com o emprego, com os familiares. Se estiver tudo muito normal, quietinho, indo certo a pessoa muda (aquilo) de uma tal forma…

Acho que o ser humano está adaptado ao caos, discórdia e a ser infeliz. Eu espero (muito), que todas essas pessoas que passaram por mim até hoje, que me fizeram chorar e rir, que me fizeram conhecer coisas e lugares novos, que passaram um tempo bom comigo, possa comemorar, pelo menos o dia de hoje, com muita felicidade.

21 de fevereiro de 2011

 

http://natynaaty.tumblr.com/post/1014178091/good-morning-good-vibrations-peace

Um comentário em “Um post demorado, esperado e sem abraços.”

  1. te conhecer foi uma das melhores coisas que eu fiz. voce é sensacional e tudo que passamos eu vou levar comigo aonde eu for.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s