Máquina de abraçar

Você já amou?

Amar? Não. Amar, não. Uma vez me descreveram o amor. Coração pulsante, coração selvagem, coração aflito. Deve ser assombroso o amor. Bom? Ruim? Quente? Frio? Assombroso… Também me contaram que, em certos momentos, o amor faz chorar. Uma chuvinha fina…

Ou grossa. Depende…

Depende. De qualquer modo, o amor chove. Foi o que me contaram. Não chove?

Trecho da peça A  Máquina de Abraçar, que conta a história de uma jovem que é autista.

Leia mais sobre a peça:
http://amaquinadeabracar.com.br/
http://bravonline.abril.com.br/conteudo/teatroedanca/maquina-abracar-ensaios-intensos-565790.shtml

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s